No domingo (4), parlamentares da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) enviaram um ofício ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), solicitando a demissão do Ministro Chefe da Casa Civil, Rui Costa (PT). A medida foi tomada em resposta aos ataques proferidos pelo ministro contra a capital do país. Durante um evento em Itaberaba, interior da Bahia, na última sexta-feira (2), Rui Costa afirmou que Brasília é uma “ilha da fantasia”. Suas declarações geraram repercussões negativas entre políticos do Distrito Federal, incluindo o governador Ibaneis Rocha (MDB) e os deputados distritais da CLDF.

O ministro declarou: “Aquele negócio de botar a capital do país longe da vida das pessoas, na minha opinião, fez muito mal ao Brasil. Era melhor ter ficado no Rio de Janeiro, ou ter ido para São Paulo, para Minas ou Bahia, para que quem fosse entrar num prédio daquele, ou na Câmara dos Deputados ou Senado, passasse, antes de chegar no seu local de trabalho, numa favela, embaixo de viaduto, com gente pedindo comida, vendo gente desempregada”.

De acordo com uma publicação do Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, o ofício assinado pelos deputados distritais Pastor Daniel de Castro (PP), Joaquim Roriz Neto (PL) e Thiago Manzoni (PL) expressa “profunda preocupação” com as declarações do ministro e levanta dúvidas sobre sua capacidade de desempenhar suas funções de forma adequada, além de demonstrar falta de respeito pela capital federal.

No documento, os parlamentares solicitam respeitosamente ao presidente a imediata demissão de Rui Costa do cargo de Ministro Chefe da Casa Civil, argumentando que é fundamental ter líderes comprometidos com o bem comum e que demonstrem uma postura responsável e respeitosa ao se referirem a partes importantes de nossa nação.

Em resposta, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), defendeu Brasília e criticou duramente o ministro. Ele afirmou: “Ele é um idiota completo. Não merecia estar onde se encontra. Agora já sabemos de onde vem o ataque contra o Fundo Constitucional”.

Share.

Deixe um comentário

Exit mobile version