Morador da Estocada reclama de crateras de quase 30 metros na Rua da Creche

Seu João vive sofrimento de residir em Rua esquecida pelo poder público. (Foto: L12).
Seu João vive sofrimento de residir em Rua esquecida pelo poder público. (Foto: L12).

 

O morador, João Ferreira, de 57 anos, vive há 12 anos na Rua Josué da Silva Pereira (Rua da Creche), no Bairro Estocada, e afirma que, apesar de metade da Rua ter recebido pavimentação em paralelepípedo há alguns atrás, metade dela foi literalmente esquecida pelo poder público. Segundo ele, toda vez que chove, o local fica praticamente sem condições de tráfego, até mesmo para quem anda a pé. Segundo ele, a rua está tomada por inúmeras crateras que chegam a medir mais de 30 metros de largura e 2 metros de profundidade. Além da rua em que vive, ele reclama das péssimas condições de outras travessas no bairro. A queixa foi enviada pela ferramenta colaborativa no L12. “Eu sou uma pessoa doente, tenho problemas de articulações. Um dia desse cheguei a cair no meio de uma dessas crateras”, disse seu João. Ele afirma que, o problema costuma persistir mesmo em tempos de estiagem e que durante o processo eleitoral de 2020, candidatos foram à casa dele, com a promessa de ajeitar a Rua, caso eleitos, e, até hoje, nunca mais apareceram por lá. O Bairro Estocada é um dos mais populosos de Livramento de Nossa Senhora, e é um dos que mais sofre de problemas estruturais, tanto na parte de infraestrutura, como social. Seu João pede que o Poder Pública de intervenção, urgente, naquela Rua, para poder melhorar as condições de tráfego até as residências de todos que residem naquela Rua.

 

A rua está praticamente irreconhecível e intransitável no bairro Estocada. Foto: L12.
A rua está praticamente irreconhecível e intransitável no bairro Estocada. Foto: L12.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

ENVIAR MENSAGEM
1
Estamos Online!
Ola! Quer mandar a sua sugestão de pauta ou anunciar com a gente?