Flamengo anuncia demissão de Rogério Ceni nesta madrugada

Rogério Ceni não é mais técnico do Flamengo. Nas redes sociais do clube, a diretoria rubro-negra anunciou a renúncia do treinador na madrugada deste sábado. A partir de agora, Renato Gaúcho é alvo certo para ser o substituto. Interino, Maurício Souza comandará o time contra a Chapecoense, neste domingo, no Maracanã, pela 11ª rodada do Brasileirão.

  • O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni na frente do time principal. O Clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios – afirma o comunicado.

Contratado em novembro de 2020, Rogério acabou não resistindo aos maus (e decepcionantes) resultados obtidos no início do Brasileirão e também ao turbulento ambiente interno. O desgaste no departamento de futebol havia aumentado nas últimas semanas, e o treinador estava cada vez mais isolado e desconfiado da maioria das pessoas ao seu redor no centro de treinamento. O silêncio do conselho, mesmo diante da divulgação de conflitos, aumentou ainda mais o aborrecimento.

Na sexta-feira, Ceni normalmente comandava as atividades em campo, enquanto Rodolfo Landim, Marcos Braz e Bruno Spindel debatiam a portas fechadas no Ninho os rumos do futebol. O presidente quis conhecer a realidade dos conflitos recorrentes naquele ambiente, e o trio se surpreendeu com dois vazamentos que abalaram os alicerces do trabalho do técnico ao longo da sexta-feira.

O conselho iniciou um processo de caça às bruxas com a aprovação de Landim para a demissão dos envolvidos. A percepção nos bastidores é que o vazamento veio da pequena ala favorável ao Ceni para expor as fragilidades do departamento.

Não demorou muito, porém, e a reação veio alta e clara através da voz do analista explorador Roberto Drummond. Tanto quanto o departamento chefiado pelo ex-volante Fabinho não tem nada a ver com o trabalho de análise de desempenho, o vazamento burburinho gerado e Drumond fez fortes críticas de Ceni para as pessoas próximas a ele em áudio vazou pele dar .

Analista do Flamengo detona obra de Ceni: “O cara não cai não sei porque”.

O episódio aconteceu durante o encontro entre o presidente, vice-presidente de futebol e diretor executivo, e causou polêmica. Imediatamente, Marcos Braz ordenou a demissão do analista e Landim aproveitou sua presença no CT para agilizar os trâmites trabalhistas judiciais.

Tais eventos deixaram ainda mais a sensação de um ambiente contaminado, e a renúncia de Rogério Ceni passou a ser debatida com mais veemência. Antes, porém, a diretoria queria identificar o responsável por expor o documento da partida contra o Sport.

Neste sábado, às 9h (GMT), o time fará seu último treino antes da partida contra a Chapecoense, neste domingo, na volta ao Maracanã. Maurício Souza comandará a equipe que tentará se reabilitar após derrotas para Fluminense e Atlético-MG. Com 12 pontos e 2 jogos a menos que a maioria dos adversários, o Rubro-Negro ocupa a 12ª colocação no Campeonato Brasileiro.


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

ENVIAR MENSAGEM
1
Estamos Online!
Ola! Quer mandar a sua sugestão de pauta ou anunciar com a gente?