Casal está foragido em Brumado acusado de estupro durante transmissão ao vivo no Instragram

A polícia civil cumpriu mandado de busca e apreensão na residência do casal. Foto: Reprodução PC.
A polícia civil cumpriu mandado de busca e apreensão na residência do casal. Foto: Reprodução PC.

 

A Justiça de Brumado está a procura de um casal que teve mandado de prisão decretado, acusados de transmitir durante uma transmissão ao vivo (Live) através do Instagram em que exibia senas de sexo explícito, além de ato considerado estupro. As cenas aconteceram no dia 24 do mês de outubro deste ano.

Após o caso repercutir nas redes sociais, a polícia abriu uma linha de investigação, chegando a conclusão de que o casal acusado praticou os crimes de: estupro de vulnerável coletivo; instigar e auxiliar outra pessoa ao uso indevido de droga ilícita; e divulgação de cena de estupro de vulnerável e cena de sexo, cujas penas mínimas somadas ficam em torno de 12 anos de prisão.

Ontem a Polícia Civil deflagrou uma operação denominada “Operação Vivere” e cumpriu mandado de busca e apreensão em uma residência onde aconteceu o fato, localizada na comunidade de Lagoa Funda, na BA-148, que liga Brumado e Livramento de Nossa Senhora.

Conforme informações da 20.ª COORPIN de Brumado, restou comprovado que a vítima não teve o necessário discernimento para decidir pela prática de ato sexual transmitido ao vivo por uma ‘live’ no perfil de Instagram de um dos autores do crime, que posicionou a câmera do celular propositalmente para onde o estupro ocorreu, agindo de forma premeditada”.

A polícia também colheu material, visando comprovação do delito. Por circunstâncias das provas coletadas, foi representado pela prisão preventiva do casal, o que foi decretado pelo Poder Judiciário. O casal é considerado foragido.

Mais notícias policiais: (clique aqui)


Curta e Compartilhe.

Deixe um Cometário


Leia Também

ENVIAR MENSAGEM
1
Estamos Online!
Ola! Quer mandar a sua sugestão de pauta ou anunciar com a gente?